Tag: amiga

 

Softwares Essenciais para Amiga

Softwares essenciais para Amiga

 

– Sempre quis um AMIGA. Nem sabia direito qual comprar. Então, em um belo momento consegui um Clássico Amiga 1200.

Com o Amiga na mão, taca procurar o que fazer nele (instalar hardware e software).

Como essa plataforma não é muito minha praia, comecei por tentar entender um pouco a parte do sistema operacional, como: criar um disco de dados num cartão CF;  que softwares deveria instalar e o que existia para a parte de hardware.

A conclusão é que tem muita coisa para aprender e brincar.

Nesse post vou tratar uma parte do que falei, os softwares que se deveria instalar no Amiga (conhecido como essenciais).

É claro que não vou conseguir colocar aqui tudo que existe para o Amiga, pois podem acreditar existem muiiiiiiitos softwares disponíveis.

Porém, sei que muita gente fica meio perdida no início e precisa de ajuda para começar, então aqui vai minha dica:

 

Compactadores/Descompactadores

  • LHA – Compactador/Descompactador – Esse pacote é extremamente importante. Pois para manter toda a compatibilidade dos arquivos descompactados quando forem transportados para o HD, o ideal é que seja utilizado o lha para descompactar.

  • LZX – Outro compactador

  • ZIP – Compactador

  • Unzip – Visualizador e descompactador de arquivos .zip

  • Unrar – Visualizador e descompactador de arquivos .rar

  • PPDecrunch10

 

Geral

  • MUI 3.8MUI é um sistema orientado a objetos para criar e manter interfaces gráficas de usuário. Ele é usado por outras aplicações essenciais. Em suma instale, pois ele será utilizado mais adiante

  • SnoopDOS – Para monitorar execuções de programas no Amiga. Ele gera logs em tela de erros que vai te ajudar muito para saber porque determinado programa não roda direito.

  • WHDLoad – Indispensável para instalar e executar jogos no HD

  • ZapHod – Excelente editor de arquivos hexadecimal

  • Virtual Floppy (FMS) – Programa que usa o hd para montar disquetes virtuais;

  • Freewheel – Se você tem uma Cocolino ou outro adaptador de mouse PS/2 no Amiga, essa ferramenta ajuda na configuração.

  • MagicMenu 2 (indispensável!), a menos que o Amiga não tenha memória (<2Mb), porque é um saco clicar com o botão direito e ter que ir ao topo da tela toda a vez;

  • Directory Opus 4.12 – Programa para gerenciar arquivos.

  • Tools Daemon – Software que aumenta as opções disponíveis no menu sem precisar usar o taskbar

  • new8n1 – Software para substituir o serial.device para permitir transferir arquivos com velocidade maior que 19600 bps

  • ViNCEd – É um poderoso Shell para o Amiga. Ele tem todos os recursos que você sempre quis em um shell, além disso,  tudo pode ser configurado com uma ferramenta especial.

  • IconImgCopier – Ferramenta para cópia de icones

  • Installer_43.3 –  Instalador necessário para vários programas

  • ToolAlias102 – Gerencia redirecionamentos facilmente no amiga

  • TDPrefs2 – Permite editar as configurações de menu da ferramenta Tools Daemon mais facilmente.

  • Compact Flash – Composto de 2 contribuições que permitem ler um Cartão Compact Flash em um adaptador PCMCIA o primeiro é o CFD (Permite ler o Compact Flash no AMIGA) e o segundo é o FAT95 (permite manipular e montar volumes dos, win95 e win98 no amiga)

  • Crossdos – Serve para ler disquetes formatados como FAT no drive do amiga

  • MSD95v16 – Equivalente a outra distribuição (Crossdos), serve para ler disquetes formatados como FAT no drive do Amiga

  • Scout – Monitora e exibe informações do sistema

  • Blazewcp – Acelera algumas funções de video

  • SysInfo – Software que mostra informações sobre a memória, disco e muito mais

  • AIBB – Ferramenta de análise de desempenho do sistema projetada com testes internos para o exercício de CPU, FPU e gráficos do desempenho do sistema

 

Música

 

Editores de Texto

 

Editores Gráficos

 

Discos

  • Reorg3_1 – Otimizador / desfragmentador de discos

  • TSGui – Programa para transferir imagens de disco DMS e ADF DE e PARA disquete

  • HDInstTools –  Programa para gerenciar partições no AMIGA

  • DMS – .dms são arquivos de imagem  de disquetes de forma compactada (The Diskmasher), para gerenciar esses arquivos necessita ter do software DMS instalado.

 

Bibliotecas

  • ixemul-48.3-bin-m68k – Biblioteca de funções utilizada em vários programas

  • highGFX_40.6 – é um driver para ECS / AGA para permitir screenmode até 1024×768.

  • ReqLib28 – Biblioteca de funções utilizadas por vários programas do amiga

  • ReqToolsUsr -Biblioteca de funções compartilhadas utilizadas por vários programas do amiga

Bom pessoal, no momento é isso. Assim que tiver outros softwares interessantes para instalarmos em nossas máquinas atualizo nesse post.

Até mais.

 

Softwares essenciais para Amiga

 

 124 total de visualizações

Joysticks para Todos os Gostos

Joysticks para todos os gostos

 

 

Esse artigo mostra uma quantidade absurda de Joysticks diferentes em um só lugar. Veja a quantidade de designs diferentes que foram construídos. Alguns viraram quase que um padrão, mas para ser sincero, padrão aqui é o que menos você vai ver.

Uma pequena introdução do que é um Joystick (não que todos desse planeta não saibam). Mas é legal saber como curiosidade.

Veja esse texto extraído na integra da Wikipedia:

“O Joystick surgiu originalmente como controle de aeronaves e elevadores. Sua invenção é originalmente atribuída ao piloto francês Robert Esnault-Pelterie, existindo também reivindicações históricas entre os pilotos Robert Loraine, James Henry Joyce e Sr. A. E. George. Esse último foi pioneiro ao voar em um pequeno avião em Newcastle, na Inglaterra em 1910. É atribuído a ele a criação do “George Stick” o qual tornou-se popularmente conhecido como joystick. O joystick apesar de estar presente nos recentes aviões desde século passado, sua origem e utilização mecânica é incerta.”

Legal né.

Espero gostem e que se deliciem com a infinidade de controles.

Divirtam-se.

 

 

JoystickJoystickJoystickJoystick

Joystick Joystick Joystick Joystick
Joystick Joystick Joystick Joystick
Joystick Joystick Joystick Joystick
Joystick Joystick Joystick Joystick
Joystick Joystick Joystick Joystick
Joystick Joystick Joystick Joystick
Joystick Joystick Joystick Joystick
Joystick Joystick Joystick Joystick
Joystick Joystick Joystick Joystick
Joystick Joystick Joystick Joystick
Joystick Joystick Joystick Joystick
Joystick Joystick Joystick Joystick
Joystick Joystick Joystick Joystick
Joystick Joystick Joystick Joystick
Joystick Joystick Joystick Joystick
Joystick Joystick Joystick Joystick
Joystick Joystick Joystick Joystick
Joystick Joystick Joystick Joystick
Joystick Joystick Joystick Joystick
Joystick Joystick Joystick Joystick
Joystick Joystick Joystick Joystick
Joystick Joystick Joystick Joystick
Joystick Joystick Joystick Joystick
Joystick Joystick Joystick Joystick
Joystick Joystick Joystick Joystick
Joystick Joystick Joystick Joystick
Joystick Joystick Joystick Joystick
Joystick Joystick Joystick Joystick
Joystick Joystick Joystick Joystick

 

 

 

Joysticks para todos os gostos

 133 total de visualizações

FPGA uma Super Solução em Retro computação

FPGA uma Super Solução em Retro computação

 

Esse artigo é para dividir com vocês a fantástica solução denominada FPGA, esse artigo não tratará dos detalhes da tecnologia empregada, mesmo porque o assunto é vasto e merece que se aprofunde para compreende-lo melhor. Mesmo assim, no final do artigo deixei uma lista de referência para quem quiser entender melhor os detalhes dessa tecnologia. A idéia aqui é reunir o que existe no mundo da Retro computação sobre os consoles implementados sob FPGA.

 

O que é FPGA

 

Um FPGA (Field Programmable Gate Array, em português Arranjo de Portas Programável em Campo) é um circuito integrado projetado para ser configurado por um consumidor ou projetista após a fabricação – de onde advém “programável em campo”. A grande maioria dos chips que encontramos em nosso dia-a-dia, circuitos que acompanham as televisões, celulares, etc., já vêm todos pré-programados, isto é, com as suas funcionalidades todas definidas no ato de fabricação. Surgiu então uma categoria nova de hardware reconfigurável, o qual têm as suas funcionalidades definidas exclusivamente pelos usuários e não pelos fabricantes.

Traduzindo a grosso modo, é um chip no qual se pode programar  circuitos lógicos inteiros dentro dele.

 

O que dá para fazer com isso:

Muita coisa,  mas quero manter o foco dentro do que estamos falando, porque muita coisa é muita coisa mesmo.

 

FPGA no mundo Retrô

Algumas pessoas entenderam que se poderia implementar uma máquina (computadores ou video games) inteira dentro de um FPGA. Assim surgiram as implementações mais fantásticas que já vi.

Alguns podem dizer “mas já existem excelentes emuladores que fazem isso”. Verdade mas, venhamos e convenhamos, os emuladores por melhores que sejam não dão aquela nostalgia de um console real. Mas as implementações sob um FPGA dão. Inclusive se parece muito com a máquina verdadeira. Algumas vezes até melhor, pois os projetistas colocam tudo que a máquina tem direito (mais  RAM, mais velocidade, mais compatibilidade, etc.)

Sem mais delongas vou listar alguns projetos que considero um “show” de implementação:

 

 

FPGA NES – Um projeto que clona o Nintendo Entertainment System

 

4870462415_0d153c2c55_z

 

 

 

ATARI 2600 – Um projeto que clona o console do Atari

 

fpga-atari2600

 

 

ZBC (Zero Board Computer)Um projeto que implementa um PC-XT

 

Image6

 

 

 

OCM (One Chip MSX)Um clone do MSX

800px-OCM_007

 

Zemmix Neo – Outro clone do MSX

 

5

 

MISTum Clone de Vários Consoles

 

 

001_o

 

004_o

 

 

Máquinas suportadas pelo MIST:

  • ST/STE (alos on SCART 15KHz)

  • Amiga 500/600/1200 ( AGA CORE BETA core)

  • C64 (partially – still developed)

  • Atari 8bit ( 96%)

  • Collecovision

  • ZX81

  • Atari 2600

  • ZX Spectrum with AY, aslo with DIVMMC and ESXDOS

  • SEGA GENESIS

  • Apple

  • MSX

  • AMSTRAD CPC (BETA)

 

ZX-UNO – um Clone do ZX Spectrum do tamanho de um raspberry

 

foto1 esquema

 

 

É isso pessoal, acho que tem uma lista bem bacana para brincar. Essas máquinas realmente são um sonho de consumo.

 

Referências:

http://www.embarcados.com.br/armefpga/

http://www.embarcados.com.br/fpgas-substituindo-microcontroladores-simples/

http://www.ni.com/white-paper/6984/pt/

 

FPGA uma Super Solução em Retro computação

 201 total de visualizações